quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Tendência cibernética | Eugenia Cooney

É youtuber, norte-americana e estima-se que pese 27 quilos. Eugenia Cooney conta com mais de 800 mil subscritores e mais de 82 milhões de visualizações no seu canal no YouTube, onde o público-alvo são os adolescentes. Eugenia, de 22 anos, é mais magra do que as primeiras imagens que representam anorexia quando se procura por elas no Google, mas a youtuber diz que a sua magreza é natural e que está bem de saúde.

É certo que há sempre um novo drama na internet, que move as massas e causa reboliço. Este caso acredito que valha a pena debater. Foi criada uma petição para retirar temporariamente o conteúdo de Eugenia do YouTube uma vez que a jovem "tem vindo a influenciar espectadores" com a sua aparência, que tem vindo a piorar desde o início do canal, mas a qual a youtuber mostra "como se não fosse nada" em nome da fama online.

A maioria dos comentários recentes nos vídeos de Eugenia focam-se no seu estado de saúde. Há quem comente que apenas tem prestado atenção ao canal da youtuber para não perder a notícia da sua eventual morte, há quem pergunte mesmo como é possível ainda não ter morrido com a magreza que apresenta, há quem acuse a jovem de ser má influência, há quem a aconselhe a alimentar-se. Há todo um novo conjunto de vídeos de outros youtubers dirigidos a ou sobre Eugenia. Já há notícias a sair nos meios de comunicação.

Mais de 11 mil pessoas já assinaram a petição para banir temporariamente os vídeos de Eugenia. No universo da internet não são muitas pessoas, mas a causa pode ter impacto nos conteúdos online. Por exemplo, Eugenia é extremamente magra, mas existe também o reverso da medalha no YouTube. Por que razão gera mais impacto uma possível anorexia em vez da obesidade? Que critérios deverão ser usados para banir a influência da imagem devido à possibilidade de influência negativa na audiência? Quem decide? Como proceder? Como prevenir?

Anterior:
Tendência cibernética | Marina Joyce

Vanessa

2 comentários:

Nádia disse...

Tenho acompanhado a situação e acho muito preocupante. Não acho que a anorexia seja mais ou menos grave que a obesidade, acho que é claro que a miúda está doente e que, além de não o admitir, está certamente a influenciar negativamente pré-adolescentes. Sempre que aparece uma fotografia dela nos sugeridos tenho medo que seja um vídeo de outro youtuber a anunciar que morreu =/

Vanessa S.S. disse...

Também tenho acompanhado o caso por ser preocupante e por ter receio que entretanto saia a notícia de que ela sucumbiu a seja o que for que a faz estar neste estado. Esperemos que ganhe juízo.

Beijinho,
Vanessa